• Ana Caner

4 passos para gerenciar o estresse – o treino mental para começar já



Viver diariamente em estado de estresse pode afetar negativamente seus sistemas imu


nológicos, cardiovascular, neuroendócrino, e o sistema nervoso central.


O estresse crônico, quando não tratado, contribui para o desenvolvimento de condições que incluem insônia, dor muscular, hipertensão, obesidade e, principalmente:ansiedade e depressão.


A boa notícia é que estudos tem mostrado que desenvolver modos de gerenciar o estresse pode reduzir drasticamente e mesmo reverter os efeitos deletérios na saúde. Segundo a American Psychological Association, podem inclusive aumentar a longevidade.


Portanto, você não precisa ser vítima dos efeitos do estresse crônico, não importa há quanto tempo você vive com eles.


Sim, o estresse é parte da vida, e lutar contra só o intensifica. O melhor que você pode fazer para sua saúde e bem-estar é desenvolver uma relação saudável com o stress, que começa por aprender como gerenciá-lo.



Aqui você obtém os 4 passos sugeridos para você desenvolver melhor gerenciamento do stress, e reverter os efeitos do estresse crônico, que você pode começar a praticar agora: O 2o, 3o e 4o passos não precisam obedecer a esta ordem:


1. Identificar os sintomas do stress:


De acordo com a American Psychological Association, o stress crônico frequentemente permanece sem ser detectado, já que nos familiarizamos com seus sinais, por mais desagradáveis que sejam. E com o tempo, ele começa a virar nossa vida ao avesso, física e psicologicamente. Portanto, um passo importantíssimo é: parar e identificar os sintomas do stress, que podem incluir:



Dor de cabeça Fadiga Dores de estômago Tensões musculares Angústia, irritabilidade, ansiedade, depressão Sentir-se sobrecarregado, sem controle sobre as situações Dificuldade de foco Alterações de apetite (aumento ou diminuição) Alterações na qualidade do sono


Testar o seu nível de estresse percebido é um passo importante para o cuidado com sua saúde e desenvolvimento pessoal.


O estresse afeta a todos, e tem forte impacto na saúde física e mental.


1. TESTE SEU NÍVEL DE ESTRESSE: Você pode acessar o teste aqui.


2. Procurar ajuda profissional


O acompanhamento profissional pode ser de grande ajuda, uma vez que os sintomas podem se estender por muito tempo antes de serem identificados e cuidados, e suas consequências podem adquirir proporções extremas. Mas você não precisa limitar-se a isso.


3. Praticar atividade física


Não são necessárias incontáveis horas, pelo contrário: poucos minutos diários já trazem grande


s mudanças. Estudos mostram também que 10 minutos na natureza levam a alterações importantes no estado mental.


4. E o mais transformador: Fazer um treino mental



Os novos conceitos da neurociência e da epigenética (área que estuda quais os fatores que interferem na manifestação dos genes), mostram que não só é possível mas é importantíssimo treinarmos alguns processos mentais, em especial a atenção. É o que fazemos no treino de mindfulness, que nada mais é que um tipo de meditação.

É muito mais simples e mais transformador do que você pode imaginar. Em um levantamento de mais de 400 estudos, Dr. Tang, da Universidade do Texas, observou que a prática de meditação consistentemente levou a melhoras no grau de ansiedade, depressão, dor, e a incrementos no controle atencional, regulação das emoções e da auto-consciência.


Segundo Richard Davidson, da Universidade de Wiscosin, a maior autoridade na área da neurociências contemplativa e considerado entre os 100 maiores influenciadores do mundo, o impacto do treino de mi


ndfulness é evidente no sistema imunológico. A prática contínua também mostrou incremento no do tamanho dos telômeros, que são estruturas responsáveis por manter a estabilidade dos cromossomos, contribuindo para maior longevidade.


O programa pioneiro de mindfulness foi criado por Jon Kabat-Zinn na Universidade de Massachussets, o Mindfulness- Based Stress Reduction, voltado para redução de estresse. O programa online de mindfulness e redução de estresse com base no MBSR é oferecido no Brasil pelo 



Como você vê, pode não ser fácil reverter os efeitos do estresse prolongado, porém pode ser muito mais simples do que você imagina.



Como você avalia seu nível de estresse?  Quais as medidas que você tem tomado para lidar com o estresse diário?




2 visualizações

Contato

Seguir

©2020 Feito com amor em São Paulo, SP.